A série lançada em 2020 na Netflix é uma adaptação do mangá Alice in Borderland, criado pelo escritor e ilustrador Haro Aso em 2010. A história conta com 8 episódios, para a alegria de todos terá segunda temporada.

O gênero da série é terror, com um bom toque de suspense, cada episódio tem em torno de 40 a 50 minutos. A trama nos prende de uma forma que só conseguimos pensar “o que será que vai acontecer no próximo episódio?”.

Podemos linkar a série Alice in Borderland com a história da Alice no país das maravilhas, elementos presentes na trama da série que também estão no filme de Lewis Carrol, como por exemplo as cartas de baralho, os personagens principais: Arisu que seria a Alice, a Usagi que em japonês significa coelho e o Chapeleiro. Outro fato sobre o protagonista Arisu, no início da série mostra seu desinteresse em ter uma vida ativa ou seu relacionamento com a sua família, fica subentendido a ideia de fugir da realidade quando ele vai para esse “novo mundo”, igual a animação.

A vida de Arisu parecia tão pacata e sem rumo, mas mal sabia ele que tudo iria mudar. Em um dia comum enquanto estava reunido com seus amigos, os três jovens acabaram se envolvendo em encrenca e usaram o banheiro público para fugir dos guardas, ao sair, a cidade já estava completamente abandonada, os três foram teletransportados para uma realidade alternativa em Tóquio, para sobreviver nesse novo mundo eles precisam arriscar suas vidas participando de jogos perigosos e desvendando enigmas, cada jogo é representado por uma carta de baralho que mostra pela numeração e símbolo a dificuldade e o tipo de jogo.

Veja o trailer:

Gostou? Confira mais no nosso blog, clicando aqui!